Pages

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Flávio Dino defende tratamento igualitário e gestão transparente em reunião com prefeitos e deputados


O governador eleito Flávio Dino afirmou que adotará um novo caminho para a gestão do Estado durante encontro com prefeitos e prefeitas de municípios maranhenses, com diálogo, parcerias e transparência.
Na ocasião, ele também apresentou todos a equipe de governo que atuará a partir de 1º de janeiro, entre secretários, presidentes e diretores de órgãos da administração estadual.
Defendendo uma postura de tratamento igualitário e transparente, Flávio Dino afirmou que governará olhando para o futuro e pensando na melhoria da qualidade de vida da população do estado.
“Não importa o ontem, não importa em quem o prefeito ou a prefeita votou ou apoiou. Não vamos discriminar município pela posição política do prefeito. Nós separamos a política da ação administrativa. Vocês não estarão sozinhos, prefeito será autoridade no nosso governo”, afirmou Dino.
Ainda em discurso, o governador eleito afirmou que espera uma parceria baseada na verdade, transparência e lealdade com as lideranças políticas dos municípios e conclamou a todos para o trabalho pelo desenvolvimento do estado.
CONTINUIDADE DE OBRAS
Sobre a continuidade de obras em andamento, Flávio Dino afirmou que priorizará as ações em desenvolvimento nos municípios do estado. A próxima gestão ainda não tem conhecimento da totalidade das obras. As informações ainda não foram repassadas pela equipe de transição da atual gestão estadual.

Senador eleito Roberto Rocha e senador piauiense Wellington Dias dialogam sobre projetos entre Maranhão e Piauí

O senador eleito Roberto Rocha esteve nesta quarta-feira, 26, em Brasília, onde visitou o senador piauiense Wellington Dias (PT). O encontro foi pautado na discussão de assuntos de interesse comum entre o Maranhão e o Piauí, com destaque para obras de infraestrutura que beneficiarão os estados vizinhos.
 A visita de cortesia feita pelo senador maranhense ao piauiense rendeu uma série de ações que podem ser realizadas em parceria entre os dois estados. O objetivo é favorecer ambos, sobretudo na exploração turística da área conhecida como Rota das Emoções, que abrange, além de Maranhão e Piauí, também o Ceará.
Roberto Rocha destacou que é importante aproveitar, da melhor maneira possível, o potencial turístico da região que engloba os três estados. “Uma das nossas prioridades é a BR-402, que liga os municípios de Barreirinhas, no Maranhão, e Parnaíba, no Piauí”, explicou o senador maranhense.
 Outra obra discutida pelos senadores foi a construção de uma terceira ponte ligando Teresina a Timon, o que, segundo Roberto Rocha, seria de grande importância para o desenvolvimento das duas cidades. “Falamos da quarta ponte sobre o Rio Parnaíba, ou até de uma possível ampliação da terceira”, destacou.

 Na oportunidade, Roberto Rocha aproveitou para consultar Wellington Dias sobre o Shopping da Cidade, projeto que já existe em Teresina, e que o maranhense vai implantar em São Luís. “Conversamos sobre o Shopping da Cidade, que vamos fazer para acomodar com as melhores condições os camelôs que estão no centro da nossa capital”, ressaltou Rocha.

Violência aumenta na região metropolitana de São Luis em 2014.


O número de assassinatos na região metropolitana de São Luís, de janeiro até novembro, assusta e já supera o de todo o ano passado. Os índices chamam atenção para duas questões bastante atuais: a banalização da violência e a sensação de impunidade. De acordo com o Observatório da Violência, um grupo criado por representantes da Justiça, das policias, advogados e da sociedade civil, a violência no Maranhão aumentou cerca de 400%, entre 2000 e 2012.
Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, de janeiro até novembro,deste ano, já foram registrados 824 assassinatos, na região metropolitana de São Luís. O levantamento aponta, ainda, que do dia 1º de novembro até esta quarta-feira (26), já foram registrados 112 assassinatos, o que torna o mês de novembro o mais violento deste ano.

 Fonte: G1 Maranhão

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Carro fica pendurado em estacionamento do Supermercado Mateus


Mulher perde o controle da direção, derrubou as grades de proteção e seu carro ficou pendurado em estacionamento do supermercado Mateus do Cohatrac atingindo outro dois carros que estavam na parte de fora do estacionamento.  

Veja o vídeo feito por um internauta:


Muita tristeza na despedida da professora Lucivania

Familiares, amigos, colegas de profissão, alunos e admiradores  se despediram durante todo o dia de ontem e hoje da professora Lucivania Gomes Sousa de Lacerda em clima de muita comoção.
O velório da professora Lucivania teve inicio na tarde de ontem na residência dos seus pais, onde foi visitado por centenas de pessoas. No inicio da tarde de hoje o esquife com o corpo de Lucivania de Lacerda foi levado para Igreja de Cristo onde foram feitas varias homenagens e um Culto. Por volta das 16:30 horas o cortejo levando o esquife com o corpo saiu da Igreja de Cristo em direção ao cemitério da Aroeira no bairro da Vila.
Durante o trajeto o cortejo foi paralisado em frente ao Complexo Educacional Dr Tema para uma linda homenagem dos alunos e colegas de trabalho da professora Lucivania de Lacerda.
O esquife com o corpo chegou ao cemitério por volta das 17 horas quando foi sepultado sobre os olhares triste de todos que ali estavam.
  

Em programa da TV Brasil, Flávio Dino critica uso político dos veículos de comunicação

Do Blog Marrapá

Durante entrevista ao programa Observatório da Imprensa – TV Brasil nesta terça-feira (25), o governador eleito do Maranhão, Flávio Dino, falou sobre as ações que deve adotar a partir de 1º de janeiro para democratizar a comunicação no estado. Entre os pontos abordados, o reforço à formação da rede pública, o incentivo às rádios comunitárias e a ampliação do acesso à banda larga nas cidades maranhenses.
“Vamos estabelecer padrões, desenvolver uma boa rede pública, envolvendo não só estatal, mas rádios comunitárias também. E a internet, que está ao alcance de todos. Precisamos facilitar o acesso ao cidadão à banda larga, pois ela cria um contraste, um novo espaço público”, avaliou Flávio Dino.
A universalização da internet é uma das metas de governo de Flávio Dino. Além disso, durante a campanha, ele destacou também o apoio às rádios comunitárias, jornais regionais e blogs noticiosos como forma de garantir a universalização do direito à comunicação no Maranhão. No Observatório da Imprensa, ele reforçou o discurso e criticou a concessão de veículos midiáticos para fins políticos.
Flávio Dino relembrou que durante o período em que José Sarney foi presidente da República muitas outorgas foram concedidas, caracterizando o início do coronelismo midiático. “A saída é cumprir a Constituição. Político, mandatário, deputado, senador, não podem ser donos de rádio e TV”, afirmou, enquanto avaliou o enfrentamento às redes de TV do Maranhão durante o período eleitoral. “Utilizamos a internet, apesar da exclusão digital no Maranhão ser a maior do Brasil, e o horário gratuito, por isso as alianças políticas foram essenciais para nos dar tempo para resistir às barbaridades”, completou Dino.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Grande São Luís lidera ranking de acesso à Educação


Do Blog do Clodoaldo Corrêa

A região metropolitana de São Luís oferece o melhor acesso à educação, de acordo com dados do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), composto por três variáveis: longevidade, educação e renda. Os números foram calculados com base no Censo Demográfico de 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
A pesquisa avaliou as 16 regiões metropolitanas do país. Na Educação, a região metropolitana de São Luís superou São Paulo. A taxa de São Luís foi de 0,737. São Paulo ficou com 0,723, Distrito Federal e Curitiba, ambas com o índice de 0,701 e Cuiabá com 0.7000. Os piores resultados foram registrados em Manaus (0,636), Porto Alegre (0,649) e Belém (0,656).
O percentual de pessoas de 18 anos ou mais de idade com ensino fundamental completo varia de 91% a 96%. Nas de pior desempenho, a variação fica entre 21% e 37%.

O indicador varia de zero a um. Assim, quanto mais próximo de um, maior o desenvolvimento. Os valores relativos à educação foram calculados com base na escolaridade da população adulta e também no fluxo de jovens matriculados nas escolas. Os dados não se referem à qualidade educacional.
O atlas foi produzido com base no Censo Demográfico do IBGE de 2010 e apresenta mais de 200 indicadores de desenvolvimento humano, como renda, longevidade, educação, demografia, trabalho, habitação e vulnerabilidade em 5.565 municípios brasileiros.
Com informação do G1 e Valor Econômico.