quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Governador inaugura Hospital Regional de Caxias Dr. Everaldo Ferreira Aragão


Nesta quarta-feira (27) o governador Flávio Dino inaugurou o Hospital Regional de Caxias Dr. Everaldo Ferreira Aragão. Mais de 783 mil maranhenses que vivem em 26 cidades da região leste serão beneficiados com o novo hospital. Os pacientes encaminhados pelos hospitais municipais terão atendimento médico-hospitalar em cirurgia geral, clínica médica, neurologia, ortopedia, oftalmologia, cardiologia, pediatria e gastroenterologia.

“Este hospital é de grande importância para a população dessa região, pois aqui serão feitos procedimentos de saúde de alta complexidade. Estamos na direção correta, desenvolvendo uma política de saúde que parte da atenção básica, valorizando a prevenção das doenças, mas que também segueos critérios da regionalização, com hospitais de grande porte que resolvam efetivamente os problemas. Sabemos que será um grande investimento mensal no custeio desse hospital, mas ele cumprirá o seu papel de atender bem os pacientes de Caxias e de toda a região leste”, afirmou o governador durante a inauguração do hospital.


Flávio Dino destacou que essa é uma forma de ajudar os municípios, melhorando a vida das pessoas. “Conhecemos o chão do Maranhão, por isso estamos fazendo as coisas certas para melhorar a saúde de todos” complementou o governador Flávio Dino.

Com investimento de mais de R$ 21 milhões, do Tesouro Estadual e Governo Federal, o Hospital Regional de Caxias Dr. Everaldo Ferreira Aragão fará com que os pacientes da região leste maranhense possam ser atendidos próximos de suas cidades, com maior comodidade e conforto, sem precisar fazer grandes deslocamentos. Osmaranhenses que iam até Teresina, capital do Piauí, para conseguir atendimento médico especializado, a partir de agora serão atendidos em Caxias.


“Este governo está resgatando a maneira correta de se fazer saúde, praticada em qualquer lugar do mundo, mas que no Maranhão era feito diferente. Hoje o estado tem uma política de saúde responsável, que pensa nas pessoas, que tem um fluxo assistencial. Uma saúde forte se faz primeiramente na prevenção e depois no que estamos fazendo aqui hoje, priorizando os hospitais estratégicos como esse”,disse o secretário de Estado da Saúde, Marcos Pacheco.

O deputado Humberto Coutinho, presidente da Assembleia Legislativa, destacou a importância do hospital para a população caxiense. “Estou aqui testemunhando a alegria do povo de Caxias hoje, por receber esse hospital com tudo funcionando. Fico muito feliz ao ver tantas pessoas que estavam à espera de cirurgias, vindas de Timon e outras cidades vizinhas, sendo atendidos nos mutirões ortopédicos e oftalmológicos que começaram ontem”.



Léo Coutinho, prefeito de Caxias, explicou que o hospital trará um grande benefício não só para a cidade de Caxias, mas para todos os 26 municípios que serão atendidos a partir de agora com serviços de alta complexidade no novo hospital. “Agradecemos ao nosso governador Flávio Dino por esse hospital, pois ele complementará os serviços de saúde pública em nossa região, que já contava com quatro hospitais públicos municipais. Os hospitais do município continuarão funcionando normalmente, pois estamos aqui para fortalecer e ampliar o acesso a uma saúde de qualidade a população”, explicou o prefeito Léo Coutinho.

O Hospital

Por meio de processo seletivo, o Instituto Corpore para o Desenvolvimento da Qualidade de Vida, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) que possui contrato de gestão com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), contratou 402 funcionários dos níveis médio, fundamental, técnico e superior para atuar no hospital. O corpo clínico contará com 50 enfermeiros e 70 médicos, aproximadamente.

O hospital possui 122 leitos de internação, sendo 26 leitos de clínica médica, 26 leitos de clínica pediátrica, 26 leitos de clínica ortopédica, 26 leitos de clínica cirúrgica, 12 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 6 leitos de UCI (Unidade de Cuidados Intermediários).

A população terá, ainda, serviço de apoio de diagnóstico, com laboratório, radiologia, ultrassonografia, tomografia, endoscopia, eletrocardiograma, densitometria, ecocardiograma, diagnósticos oftalmológicos, mamografia entre outros.

No segundo semestre desse ano, será implantada dentro do hospital uma unidade oncológica com cirurgia e quimioterapia, para atender os maranhenses que ainda se servem da rede de saúde do Piauí, para fazer o tratamento de câncer.

Mutirões
A primeira grande ação realizada no hospital foi o início da realização dos mutirões de cirurgias ortopédicas e cirurgias oftalmológicas. Nesta terça-feira (26), começaram a ser realizadas parte das 172 cirurgias ortopédicas, que serão concluídas até dia 15 de fevereiro. Todos esses pacientes residem na região de Caxias e aguardavam na fila pela cirurgia.

Washington Almeida, de 19 anos, sofreu um acidente de moto no último dia 18, fraturando o braço e o fêmur. Foi atendido no hospital municipal de Caxias e removido para o Hospital Regional ontem (26) para a realização da cirurgia. “Gostei muito do atendimento do novo hospital. Espero ficar bom em breve para voltar a andar e trabalhar”, contou o auxiliar de marmoraria.

O mutirão de cirurgias oftalmológicas começou nesta quarta-feira (27), com 82 cirurgias de catarata e glaucoma de pacientes da região de Caxias. Até o dia 16 de fevereiro, outros 100 pacientes das regiões de Timon e São João dos Patos realizarão cirurgias para correção de doenças na visão, chegando a um total de 182 cirurgias nessa primeira etapa do mutirão oftalmológico no novo hospital.

Estiveram na inauguração do hospital, o prefeito de Caxias, Léo Coutinho; o secretário de Saúde, Marcos Pacheco; o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares; Dra. Cleide Coutinho; o deputado federal Rubens Júnior; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Humberto Coutinho; o deputado estadual Rafael Leitoa; o deputado estadual Ricardo Rios; o deputado estadual Fábio Braga e a deputada estadual Ana do Gás.

Municípios beneficiados com o Hospital Dr. EveraldoFerreira Aragão

Região de Caxias: Afonso Cunha, Aldeias Altas, Buriti, Caxias, Coelho Neto, Duque Bacelar e São João do Sóter.

Região de São João dos Patos: Barão de Grajaú, Benedito Leite, Buriti Bravo, Carolina, Jatobá, Lagoa do Mato, Mirador, Nova Iorque, Paraibano, Passagem Franca, Pastos Bons, São Domingos do Azeitão, São João dos Patos, Sucupira do Norte e Sucupira do Riachão.

Região de Timon: Matões, Parnarama, São Francisco do Maranhão e Timon.

Homenagem

O nome do hospital é uma homenagem ao médico caxiense Everaldo Ferreira Aragão, falecido em 2010, após três anos de luta contra um câncer nos rins. Everaldo Aragão atuou por 33 anos nas áreas de cirurgia geral, ginecologia, obstetrícia e ultrassonografia.

A autoria da indicação é dos ex-deputados Cleide Coutinho e Arnaldo Melo, aprovada pelo plenário da Assembleia Legislativa em dezembro de 2014, Lei n° 228/2014. A homenagem se dá em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à população caxiense na área da saúde.


Escola Municipal Costa Sobrinho
Após a cerimônia, o governador Flávio Dino acompanhou o prefeito Léo Coutinho na inauguração de Escola Municipal Costa Sobrinho, no bairro Pirajá. Bem estruturada, a unidade de ensino fundamental atenderá cerca de 300 crianças e tem seis salas de aula, todas climatizadas. A escola ainda tem piscina olímpica e playground, que garante a prática de esporte e lazer para os alunos.





Nenhum comentário:

.

.