domingo, 1 de maio de 2016

Governador participa da Agritec dos Cocais, institui leis de incentivo à agricultura familiar e entrega títulos de terra


O governador Flávio Dino participou da Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) do Território dos Cocais, em Caxias, nesta sexta-feira (29). Na ocasião, ele sancionou a lei que institui a Política Estadual de Extensão Rural para a Agricultura Familiar e Reforma Agrária (Peater/MA) e o Programa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural para a Agricultura Familiar e Reforma Agrária (Proater/MA), e entregou títulos de terra para as famílias da Associação dos Pequenos Produtores Rurais do povoado Riacho Seco.

Acompanhado dos secretários que compõem o Sistema de Agricultura Familiar – Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp) e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma) – Adelmo Soares, Júlio César Mendonça e Mauro Jorge, respectivamente, Flávio Dino percorreu stands, conversou com agricultores, participou de oficinas com crianças e experimentou os produtos comercializados na Feira.

De acordo com o governador, a Agritec é uma composição de políticas do Governo Estadual, Federal, prefeituras, movimentos sociais e empresas, destinada a garantir que haja um crescimento da produção no Maranhão. “É um momento que os produtores mostram o fruto do seu trabalho. Nós organizamos as políticas públicas de apoio ao crescimento das atividades produtivas e discutimos os problemas de cada região. O Governo presta contas do que vem fazendo em favor do desenvolvimento regional, de modo que essa foi uma inovação do nosso Governo que veio para ficar”, destacou.

A edição de Codó é a 5ª da Agritec desde o início da gestão do governador Flávio Dino, que ressaltou que essa é uma medida que garante oportunidade de trabalho para os mais pobres, sobretudo aqueles que precisam da presença do Estado para desenvolver as suas atividades econômicas. “Com isso nós melhoramos a quantidade de riquezas circulando na economia maranhense e ao mesmo tempo garantimos que essa riqueza não fique concentrada na mão de poucos. Esse é o papel fundamental da agricultura familiar”, reiterou o governador.

Leis de apoio à agricultura familiar

A Agritec da Região dos Cocais marcou também a sanção das leis que instituem a Peater e o Proater. A iniciativa é resultado da 2ª Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e na Reforma Agrária (Ceater), realizada no início de abril, que discutiu as diretrizes para a formulação de ambas as leis.

Os programas atuarão na execução das políticas de desenvolvimento da assistência técnica e extensão rural, especialmente as que contribuam para a elevação da produção, produtividade e da qualidade dos produtos e serviços rurais, para a melhoria das condições de renda, da qualidade de vida e para a promoção social e desenvolvimento sustentável no meio rural.

“Através do Governo do Estado, levamos conhecimento aos agricultores, comercialização, transferências tecnológicas, incentivos financeiros, contratos firmados com instituições financeiras. Tudo isso, mostra o empenho do Governo em transformar a realidade do Maranhão por meio do conhecimento e da produção”, enfatizou o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares.

Durante a Feira, o governador Flávio Dino entregou títulos de terra para as famílias da Associação dos Pequenos Produtores Rurais do povoado Riacho Seco, que possui 1.517 hectares e beneficiará 32 famílias codoenses.

Produtores elogiam Agritec


Maria Hortência Lima, agricultora de Codó e representante da Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (Fetraf), disse que 75% da alimentação do Brasil é proveniente da agricultura familiar, e a visita do governador é importante para ele conhecer de perto o trabalho que vem sendo desenvolvido no Maranhão.

“É bom que agora nós estamos sendo considerados como pessoas importantes para a sobrevivência do povo. A Feira é importante porque a gente expõe nosso produto, e é conhecido a nível de Maranhão. Já é uma melhoria para nós”, enfatizou a agricultora.

O agricultor Osvaldo Silva Souza participou da Agritec com uma banca de venda de melancia, mandioca, banana, entre outras frutas e verduras. Ao se deparar com o governador, ele tirou fotos e agradeceu pelo apoio que o Governo tem dado aos agricultores familiares. “A gente não tinha essa capacidade, mas com o governador, chegou na hora certa. A população codoense está de braços abertos para receber ele. Porque governador não é pra ficar em gabinete, é pra visitar mesmo”, realçou Osvaldo.

Nenhum comentário:

.

.