quarta-feira, 18 de maio de 2016

O deputado federal Rubens Pereira Jr. (PCdoB) prestou uma entrevista exclusiva ao Blog do Pedro Jorge sobre a atual conjuntura política do Maranhão e Nacional. Veja o que ele disse:



Quais as perspectivas para o Maranhão com a posse do governo interino de Michel Temer?

Rubens Jr.: apesar de não concordarmos com a decisão tomada, mas temos que respeitar. Principalmente o governador Flávio Dino, que tem tomando uma postura extremamente institucional. Diferenças políticas à parte, ele já procurou o ministro dos Transportes para cobrar a continuidade dos reparos na duplicação da BR 135, sinalizando que os interesses do Maranhão estão acima de quaisquer quizilas eleitorais.
O mais importante é que o Maranhão não pode ficar para trás e pagar o preço por qualquer posicionamento político, de qualquer que seja os atores.

O governador Flávio Dino teve uma preponderância em todo o processo de impeachment. O senhor acredita que isso classifica Dino a ser uma liderança de esquerda no Brasil?

Rubens Jr.: Sim, sem sombra de dúvidas. Não só no Maranhão, mas também no Brasil. Mas não só por isso, mas pela história de vida do Flávio. Que exerceu brilhantemente o cargo na magistratura federal, depois na presidência da Embratur, antes como deputado federal e agora como governador do Estado do Maranhão.
Segundo que, as medidas que ele acredita estão afinadas com o discurso que ele realiza. Então o discurso e ação do governador Flávio Dino é pra valer. E este é, portanto, o principal fator determinante se Flávio será o líder ainda maior das esquerdas do Brasil inteiro. O sucesso do governador, as suas ações inovadoras é que determinarão o potencial que Flávio Dino pode alcançar na política nacional, quando ele prestigia a Educação, com salário de professor de R$ 5.000,00, quando ele ajuda no combate à violência com mais policiais para o Maranhão, quando ele faz uma mini-reforma tributária cobrando mais tributo de quem ganha mais, e cobrando menos de quem ganha menos, ele se coloca à disposição do Brasil inteiro para ser avaliado. E isso em todas as áreas, de concurso público com cotas raciais com tempo de duração. Então é o governo Flávio Dino é que credencia o Flávio a ser líderes da esquerda neste momento.

Este ano tem eleições no Maranhão. Como o senhor avalia o cenário do Estado?

Rubens Jr.: O sentimento de mudança que estava latente no Estado do Maranhão em 2014 não se encerrou. Isso quer dizer que ainda teremos uma grande renovação em 2016. Aposto que a renovação estará em torno de no mínimo de 60%. O PCdoB terá um grande protagonismo, não apenas por ser o partido do governador, mas por ter formado quadros neste processo, é um partido que funciona dentro e fora da eleição, que debate política, que faz política e que consequentemente está pronto para este novo desafio. Então acredito que será um momento de fortalecimento deste campo político que chegou ao poder com o governador Flávio Dino e em especial do PCdoB no Estado do Maranhão. 


Nenhum comentário:

.

.