quinta-feira, 7 de julho de 2016

Governo do Estado lança Agritec no município de Zé Doca


O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), realizou, nesta terça-feira (6), o lançamento da primeira edição da Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) em Zé Doca. O lançamento ocorreu no Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadores Rurais, no Território Turi Gurupi, em Zé Doca e reuniu agricultores da região.

A Agritec de Zé Doca será realizada do dia 4 a 6 de agosto, no assentamento PA Belém, localizado na Vila Boa Esperança. A expectativa de sediar uma edição da Agritec foi bem recebida pelos agricultores. Só este ano, mais de 3 mil agricultores familiares foram capacitados com as edições da Agritec nos municípios de Codó e Grajaú. Além disso, a Feira gerou negócio e contratos na ordem de R$ 2.244.440,00 e atraiu mais de 40 mil visitantes.

“A Agritec é um avanço nas políticas públicas para o desenvolvimento da agricultura familiar. É uma feira que revoluciona, sempre deixa legado positivo com capacitações e treinamentos, pois, o objetivo do Governo é desenvolver o Maranhão por meio do conhecimento e da produção”, enfatizou o secretário de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Adelmo Soares.

Agritecs no Território Turi Gurupi

Durante a solenidade de lançamento da Agritec de Zé Doca, no Território Turi Gurupi, os representantes do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) reafirmaram  o compromisso e parceria na realização das Feiras da Agricultura Familiar. A instituição afirmou que a Feira é um espaço de grandes conhecimentos e troca de experiências que resulta na qualidade de vida do agricultor maranhense.

O gerente do Sebrae na Regional de Santa Inês, Aluízio Muniz, informou ainda que o órgão já realiza trabalhos de apicultura e piscicultura na região e que, durante a Feira, pretende expandir esses conhecimentos entre grupos de agricultores familiares.

Representando a Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Maranhão (Fetaema), Francisca Sousa, falou da importância da presença dos grupos socais na feira. “Para nós dos movimentos sociais é importante participar como parceiros na Agritec, porque tudo que for para o crescimento de nossos agricultores familiares é importante para a Fetaema. Nós vamos mobilizar os agricultores do Território Turi Gurupi para participar da Feira porque será um espaço de conhecimento para melhorar a produção de nossos produtores”, explicou.

A vice-prefeita de Zé Doca, Lindalva Barros, exaltou as ações realizadas pela gestão estadual para o desenvolvimento do estado. “Estou muito feliz porque temos um governador aberto que ouve os agricultores, que valoriza os movimentos sociais e está proporcionando um evento de valorização do agricultor familiar aqui em Zé Doca”, afirmou.

A Agritec integra um conjunto de ações para o desenvolvimento do setor rural em todo o estado e tem o objetivo de criar espaços para troca de experiências e ampliar o conhecimento tecnológico para beneficiar os agricultores familiares do estado. É uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MA), Prefeitura de Zé Doca e os movimentos sociais (MIQCB, FETRAF-MA, FETAEMA, ACONERUQ, MST).

O lançamento da Agritec contou com a presença de representantes dos municípios de Araguanã, Santa Luzia do Paruá e Governador Newton Bello, de instituições de ensino superior públicas do Maranhão, de associações e instituições bancárias. Também estiveram presentes o secretário adjunto da SAF, Francisco Sales; o presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp), Júlio César Mendonça; dentre outras autoridades.

Nenhum comentário:

.

.