quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Rubens Jr. critica decisão do STF que proibiu vaquejada em todo o país


O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou na última quinta-feira, 6, a lei cearense 15.299/2013 e considerou inconstitucional o espetáculo de vaquejada no estado do Ceará. A medida tem impacto imediato tornando a prática proibida em todo o Brasil.

Comum no Norte e Nordeste do Brasil, a vaquejada é uma prática na qual os vaqueiros tentam derrubar o boi puxando o animal pelo rabo. A ação foi movida pela Procuradoria Geral da República (PGR) e questionava a legislação cearense.  

A polêmica medida foi recebida com críticas principalmente pelos deputados do Nordeste, região do Brasil onde as vaquejadas são fonte de renda e são mais populares.

Para o ministro Edison Fachin a vaquejada consiste em manifestação cultural, o que foi reconhecido pela própria Procuradoria Geral da República na petição inicial. Esse entendimento foi seguido, também naquela sessão, pelo ministro Gilmar Mendes.

Para Rubens Jr. a decisão do STF trará prejuízos para muitos brasileiros que dependem dessa manifestação cultural: “Vaquejada é um evento cultural, esportivo e que muitos brasileiros dependem dela como forma de trabalho e subsistência. Considerei a medida exagerada”, pontuou Rubens.

Entenda a polêmica


A Lei que regulamentava a vaquejada no Ceará foi considerada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em julgamento no último dia 06. Com isso a atividade está proibida e quem promover ou participar desses eventos incorre em crime por maus-tratos aos bovinos e equinos.

Assessoria do deputado Rubens Pereira Jr.

2 comentários:

Unknown disse...

Ganhou meu voto

Werbeth disse...

Esse STF vagabundo devia era tomar medidas mais coerente e severa para punir esses políticos mal feitores que há anos estão devastando nossa amada e idolatrada pátria, e essa massa de bandidos que faz o que quer, e que sempre estão aterrorizando toda sociedade, e nenhuma providência de qualidade é tomada, o STF tem que acabar imediatamente é com esse tal do FORO PRIVILÉGIADO que é a maior molecagem, safadagem e vergonha, que serve para beneficiar esses políticos pilantra, que rouba e rouba e quando vão julgado por esse merda e hipócrita desse judiciário nada acontece, eles simplesmente recorrem, recebem essa maldita tornozeleira e ficam respondendo em liberdade, cometendo os mesmos atos, isso sim é inconstitucional, ilícito, inaceitável e anti social, à vaquejada é uma grande tradição e um grande entretenimento, que tem que permanecer, para muitos é considerado um esporte de alto nível, à prática da vaquejada não ameaça à integridade física do animal, um boi não vai morrer e nem sofrer porque ele é puxado pelo rabo e jogado no chão.
#PROLDAVAQUEJADA

.

.