terça-feira, 29 de novembro de 2016

Mãe de Ananias é hospitalizada duas vezes após saber sobre tragédia


A mãe do jogador Ananias foi hospitalizada por duas vezes, na manhã desta terça-feira (29), depois que soube da morte do filho por conta da queda do avião que transportava a delegação da Chapecoense para a Colômbia. Depois das 10h, a mãe de Ananias retornou à residência onde foi amparada por parentes e amigos. Um tio do jogador diz que os parentes esperam um comunicado oficial do clube para tratar com a esposa do atleta, que mora em Chapecó-SC com o filho do casal, sobre velório e sepultamento.
Paulo de Aruanda, que foi escolhido pelos parentes para falar com a imprensa, é casado com uma tia do jogador e revelou que a família tomou conhecimento do acidente por um telefonema.
- O acidente foi pela madrugada e nós recebemos uma ligação dizendo que tinha acontecido isso com o avião da Chapecoense. Na hora, fui buscar mais informações. E nossa esperança era que ele nem tivesse embarcado. Agora, nossa tristeza é a tristeza de todo país. Por isso, nos solidarizamos com as demais famílias que perderam pessoas queridas também – explicou Aruanda, que revelou ainda que uma irmã do jogador está grávida.
A família residia na Cidade Operária, em São Luís, mas depois mudou para São José de Ribamar, cidade que fica na Região Metropolitana de São Luís. Na casa, parentes e amigos se reuniram neste momento de dor profunda.
Nascido na capital maranhense, Ananias tinha 27 anos. A morte dele foi confirmada pelas autoridades colombianas, na madrugada desta terça-feira (29). O avião transportava a delegação da Chapecoense-SC para Medelín, na Colômbia, para o primeiro jogo  da final da Copa Sul-America, nesta quarta-feira (30), contra o colombiano Atlético Nacional. O jogo foi cancelado pela Conmebol.
Ananias Eloi Castro Monteiro faria 28 anos no dia 20 de janeiro de 2017. Ele fez toda a base no Bahia e depois de jogar pelo profissional do próprio Tricolor, seguiu para Portuguesa, Cruzeiro, Palmeiras e Sport, antes de chegar à Chapecoense.  

Tristeza em dobro


A tragédia também atingiu outro atacante com ligação com o futebol do Maranhão. Lucas Gomes, de 26 anos, também morreu na queda do avião. Ele era paraense e em 2013 esteve na campanha do vice-campeonato do Sampaio que rendeu o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Do Site Globo Esporte 

Nenhum comentário:

.

.