quinta-feira, 13 de abril de 2017

Prefeito Aluisinho faz importante obra para evitar alagamentos em Esperantinópolis.


Há muito tempo que o Igarapé localizado na rua Costa e Silva em

Esperantinópolis, vinha causando bastante transtorno à população daquela rua, mas isso não é mais problema, prefeito Aluisinho, autorizou  o alargamento e retirada do lixo acumulado no leito do igarapé com recurso próprio da Prefeitura, para evitar enchentes,  proporcionando assim tranquilidade aos moradores.

"Quando as chuvas estiarem, vai ser a primeira rua que vamos pavimentar. Além de ser uma das entradas da cidade também é uma rua bastante movimentada pela passagem de mais mil alunos por dia" disse o prefeito Aluisinho.


Percebe-se, que apesar das dificuldades que se encontra o município, a administração está tentando solucionar os problemas.

Um comentário:

Anônimo disse...

importante trabalho que se inicia.gistaria de lembrar ao prefeito e secretário de obras que a rua Anisio Carneiro que fica na mesma direção do leito do igarape também há casas que alagam. As mais baixas. devido grande quantidade de água que desce da rodoviária quintais mais altos. A anos sofremos com este problema que até hoje assim como nos condomínios do Edigar a água da chuva invade. ficamos em todas chuvas abrindo registro com enchadas a mão. Mas toda chuva é a mesma coisa. portanto os moradores da parte baixa da rua Anisio Carneiro pede ajuda também. Um pedido de socorro que fazemos a décadas. Mas hoje estamos vendo que o igarape que antes nunca havia sido feito aproveitamos para pedir que venham a rua Anisio Carneiro e vejam a situação da rua no dia de chuva forte e verá o problema. pedimos humildemente que olhem também por nossa rua.o asfalto sempre prometido desde a época do chico Jovita até hoje não chegou.mas na parte de cima foi e esqueceram da parte baixa. Uma falta de compromisso para com os moradores que acredito que agora é a hora das mudanças. de já grata se poderem vir ver a rua Anisio Carneiro nos dias de chuva. Os regos abertos, se pudessem pelo menos colocarem bOeiras. (VALDENICE COSTA). MORADORA