.

.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Menores são presos e confessam que assassinaram professor em Paraibano


Uma semana depois do assassinato do professor Ivanildo Pereira Costa, conhecido como Manin Marão, – o corpo da vítima foi encontrado na sexta-feira (5), amarrado ao tronco de uma árvore em um local próximo ao lixão da cidade, às margens da BR-135 saída para São João dos Patos – a Polícia Civil elucidou o caso, identificando e aprendendo os autores do bárbaro crime que comoveu e revoltou o Maranhão (reveja). O caso repercutiu em todo o estado, inclusive na Assembleia legislativa. entenda o caso: Não podemos permitir que o Maranhão se transforme em terra de jagunços e pistoleiros 
Equipe de investigação sob o comando do delegado João Marcelino, com a participação dos delegados de Passagem Franca, Colinas e do regional de São João dos Patos, Francisco Tavera, apreendeu dois menores de idade, – um de 16 anos e outro de 17 – que confessaram com riqueza de detalhes a autoria do crime.
Os suspeitos confessaram ter levado o professor para as proximidades do lixão, depois de imobilizar a vítima com fita adesiva eles o mataram utilizando uma faca. A polícia apreendeu o celular de um dos menores, utilizado para marcar o encontro com o professor, foi apreendido, como também a faca utilizada.

A motivação do assassinato seria roubar o carro do professor, para utilizar no sequestro de uma criança, também em Paraibano, eles pretendiam cobrar cinquenta mil reais pelo resgaste.

Do Blog de Adonias Soares
.

Nenhum comentário:

.

.